| www.convencaosp.com.br | www.convencaosp.com | www.obrasilparacristosp.com.br | www.obrasilparacristo.com.br |

AVISOS IMPORTANTES

Como é de conhecimento de todos, estamos em medidas preventivas para combater a proliferação do COVID19.
A Convenção de São Paulo estará com seu atendimento em Home Office através do WhatsApp (11) 93093 6079.

Tivemos também vários eventos cancelados como por exemplo:
Pastoreio de Pastores, 51ª Assembleia Estadual da Convenção, Seminário do Novos Oficiais entre outros.
Basta ficar sempre atento aqui no Portal que estaremos atualizando as informações.


Lideranças evangélicas pressionam MRE…


Antecedendo a realização da 201ª Sessão Deliberativa do Conselho Executivo da Unesco, o deputado federal Roberto de Lucena (PV-SP) articulou, na quarta-feira, 05 de abril, um encontro entre o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, e lideranças evangélicas nacionais.

O objetivo foi debater a postura do Brasil nas votações realizadas pela Organização das Nações Unidas (ONU) relativas a Israel. A próxima sessão da Unesco será realizada nos dias 26 e 27 de abril, em Paris, na França.

Viemos aqui trazer ao nosso chanceler e à diplomacia brasileira o apoio de parcela significativa do povo evangélico que se sente representado por essas lideranças – e temos a compreensão de que nosso sentimento é compartilhado pela grande maioria dos cristãos nacionais, com relação ao esforço do Brasil para que o texto da resolução 199 da Unesco sofresse importantes evoluções no sentido de ser mais justo, equilibrado e imparcial, até chegar à resolução 200. Ainda não é o texto ideal. Nossa expectativa é de que a resolução 201 avance ainda mais nessa direção. A maioria da população brasileira é cristã e os cristãos tem Israel como sua segunda Pátria”, disse Roberto de Lucena.

O apóstolo Paulo de Tarso Fernandes expôs ao ministro que, apesar de reconhecer a existência dos árabes e muçulmanos que passaram a morar na região, diversas questões históricas têm sido desrespeitadas. “Notadamente a ONU tem se posicionado contra Israel, por isso é importante que o governo brasileiro passe a considerar esta importante parcela de nossa população que apoia a nação Judaica”, afirmou Fernandes, deixando claro que os evangélicos defendem Jerusalém como a capital indivisível de Israel.

Aloysio Nunes afirmou que o Brasil vai continuar lutando para suprimir os pontos de desequilíbrio. “Nosso esforço é para que as próximas resoluções sejam mais equilibradas e justas. Temos uma posição suprapartidária de mais de 30 anos de busca de paz entre palestinos e israelenses”, comentou o ministro, apontando que o movimento evangélico tem ajudado na construção do posicionamento do Brasil.

Para a apóstola Valnice Milhomens Coelho, a reunião foi bastante positiva. “Começamos a ser ouvidos e isso é muito importante para os cristãos. Além disso, foi uma grata coincidência ser o aniversário do ministro e podermos orar por ele”, disse. O apóstolo Laudjair Carneiro Guerra, responsável das igrejas G12 no Brasil, compartilha a mesma opinião. “Achei que a reunião foi muito produtiva, pois o ministro tomou conhecimento do carinho e do amor do Brasil por Israel e ouviu nossos argumentos para que o país se posicione a favor dos nossos irmãos”, concluiu.

O posicionamento do Brasil durante a 199º Sessão Deliberativa do Conselho Executivo da Unesco, em abril deste ano, ainda sob o Governo do PT, foi frontalmente contrário a Israel. Já na 200ª sessão do Conselho Executivo da Unesco, realizada em outubro, houve nitidamente uma nova postura na condução do tema pelo atual governo, que atuou para a revisão do texto aprovado.

O encontro também contou com a presença dos apóstolos Francisco Maia Nicolau, Joaquim José da Silva Jr., Neuza Itioka, Paulo Tércio Lopes Silva, Leoníldio Lima de Oliveira e Marcus Arrais Fima. A representante da Ordem dos Advogados do Brasil seccional do DF, Clarita Costa Maia, acompanhou a audiência no Itamaraty.

Roberto de Lucena é Pastor, Escritor, Conferencista, Deputado Federal, Vice-presidente Nacional da União Geral dos Trabalhadores (UGT) e Presidente da Comissão dos Direitos da Pessoa Idosa na Câmara Federal.

Fonte: Texto e Foto por Assessoria de Imprensa do Pastor Roberto de Lucena ( imprensa@robertodelucena.com.br )

Deixe seu comentário

PRONUNCIAMENTO OFICIAL CONSELHO NACIONAL

ORIENTAÇÃO A TODOS OS PASTORES DAS
IGREJAS O BRASIL PARA CRISTO

INTRODUÇÃO
Diante da atual pandemia que assola o mundo e de acordo com as Autoridades Governamentais de nosso País, queremos trazer as seguintes orientações a todos os nossos pastores:

    1. SUSPENSÃO DE CULTOS
      Estamos suspendendo os Cultos em todas as nossas Igrejas;
    2. ADIAMENTO DE EVENTOS
      Estamos adiando todos os Eventos, Assembleias, Congressos e outras atividades;
    3. PLANTÃO NAS IGREJAS
      Os Pastores poderão estabelecer um plantão nas Igrejas, com as portas abertas, mas sem culto. Sempre respeitando todas as orientações do Ministério da Saúde.
      Nestes plantões, por exemplo, o Pastor poderá organizar a vinda dos membros, família por família, para: Fazerem suas orações, receberem Aconselhamento Pastoral, receberem a Ceia do Senhor ou apresentarem seus dízimos e ofertas a Deus;
    4. CULTOS ONLINE (pela Internet)
      Os Pastores estão liberados para fazerem seus Cultos Online;
    5. GRUPOS DE RISCO
      Solicitamos aos irmãos que fazem parte do GRUPO DE RISCO que evitem sair de casa: Idosos com mais de 60 anos, Crianças, Pessoas com Doenças Respiratórias e portadores de Diabetes e outras doenças que baixam a Imunidade;
    6. PROCEDIMENTOS DE SAÚDE
      Orientem os membros a observarem todos os procedimentos de Saúde recomendados pelos Órgãos Governamentais:
    7. DURAÇÃO DESTAS MEDIDAS
      Estas medidas deverão ser tomadas imediatamente por tempo indeterminado, havendo alguma alteração no quadro atual, faremos novo pronunciamento;
    8. PALAVRA BÍBLICA para meditação Salmos 91.7
    9. VÍDEO DO PRONUNCIAMENTO CLIQUE AQUI

Palavra pelo Pastor Luiz F. Bergamin
PRESIDENTE NACIONAL DAS IGREJAS O BRASIL PARA CRISTO