| www.convencaosp.com.br | www.convencaosp.com.br | www.obrasilparacristosp.com.br | www.obrasilparacristo.com.br |

A Cadeia Desanima!

1 E aconteceu que, acabando Jesus de dar instruções aos seus doze discípulos, partiu dali a ensinar e a pregar nas cidades deles. 2 E João, ouvindo no cárcere falar dos feitos de Cristo, enviou dois dos seus discípulos, 3 A dizer-lhe: És tu aquele que havia de vir, ou esperamos outro? 4 E Jesus, respondendo, disse-lhes: Ide, e anunciai a João as coisas que ouvis e vedes: 5 Os cegos vêem, e os coxos andam; os leprosos são limpos, e os surdos ouvem; os mortos são ressuscitados, e aos pobres é anunciado o evangelho. 6 E bem-aventurado é aquele que não se escandalizar em mim. Mateus 11.1-6

Que cadeia?

  • A Cadeia do Desemprego – Estar sem emprego desanima!,
  • A Cadeia da Desarmonia no Lar – As brigas no lar desanimam,
  • A Cadeia da Separação do Casal – Traz diversos problemas para todos da família,
  • A Cadeia da Dor – A dor desanima, traz duvidas,
  • A Cadeia do Conflito Interno – Depressão.

A cadeia tem muitos outros nomes e desanima, a cadeia traz lágrimas. Embora alguém possa estar na cadeia não te desanimes, o Senhor é contigo. Ele te chamou e sabe o teu nome.

João Batista estava preso por Herodes e mostrou toda a sua infabilidade. O mesmo João que, quando viu Jesus caminhando logo percebeu que Ele era o enviado de Deus. O mesmo João que se constrangeu em batizar Jesus, pois não se via digno de tal ato. Quando estava na cadeia João mostrou todo o desanimo, a duvida… Enviou seus discípulos para perguntarem a Jesus se Ele era mesmo o Messias.

A cadeia traz duvidas.

Quantos estão no mesmo caminho, desanimados. Quem sabe até por causa de tantas heresias, tantos ensinamos contrários. Não era o caso de João, mas pode ser o caso de muitos atualmente.

Na saída dos emissários de João o próprio Jesus dá um testemunho muito forte a respeito dele dizendo que Entre os nascidos de mulher não surgiu ninguém maior do que João Batista Mateus 11.11.

Vamos pedir a Deus que tire toda a cadeia, que todas as cadeias se quebrem e que haja libertação em Nome de Jesus.

 Fonte: Luiz F. Bergamin, Pastor ( presidencia@convencaosp.com.br )

Deixe seu comentário