Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

Pessoas em Comunhão são Frutíferas!

Estai em mim, e eu, em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim João 15.4

19 E disse eu aos nobres, e aos magistrados, e ao resto do povo: Grande e extensa é a obra, e nós estamos apartados do muro, longe uns dos outros. 20 No lugar onde ouvirdes o som da buzina, ali vos ajuntareis conosco; o nosso Deus pelejará por nós Jeremias 4.19-20

A construção dos muros de Jerusalém era uma necessidade que permanecia sem atendimento por um século, mas sob a tutela de Neemias em cinquenta e dois dias foi suprida.

Durante esses cem anos, ocorreu uma organização política e religiosa pelas mãos do governador Esdras, que fora enviado pelo rei Ciro da Pérsia com a missão de construir o templo da cidade santa, todavia essa operação não garantiu a segurança da cidade que permanecia sendo invadida e saqueada pelos inimigos.

Neemias, um funcionário da corte babilônica, é impelido ao jejum e oração quando toma ciência do caos em que se encontra a cidade e, movido pelo impulso divino, se propõe a ir e fazer o que precisava ser feito, e é sobre isso que quero falar: fazer o que precisa ser feito.

A história proposta pelo texto bíblico indica que todos que se dispuseram a fazer o trabalho foram úteis, levitas e sacerdotes e até mesmo mulheres, que tinham outras funções específicas que não coadunam com o respectivo intento de um trabalho pesado, trabalharam com afinco, entretanto, houve aqueles que não se importaram em trabalhar, e ainda causaram grandes dificuldades aos que trabalhavam.

O relato bíblico indica que os que não tinham raiz, apego e tradição ligada aos judeus, somaram-se aos que se julgavam melhores do que os outros e aos que estavam sempre buscando levar vantagem pessoal nas situações, e esse grupo compôs a turma dos inoperantes e problemáticos!

Foi e sempre será assim: quando algo importante precisa ser feito, há daqueles que arregaçam as mangas e, com sacrifício, dificuldades e mesmo com suas limitações, fazem a obra, mas também existem os que criticam, acusam e se opõem aos primeiros.

A questão é: Com qual dos grupos você se identifica na igreja?

Deixe seu comentário e compartilhe a mensagem, Deus abençoe.

Joel Stevanatto, Pr
Siga-me
Últimos posts por Joel Stevanatto, Pr (exibir todos)

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também
Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X