Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

Pessoas Santas são Frutíferas!

Toda vara em mim que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais frutoJoão 15.2

Há um clamor por toda terra, embora seja ouvido como um sussurro em apenas alguns poucos lugares, o grito dos desesperados que imploram por misericórdia.

Almas que vivem nos extremos da miséria ou na ostentação das riquezas e caminham para a agonia eterna do distanciamento de Deus.

Elas gritam e nem mesmo sabem que estão gritando

Há um vazio, uma angústia, um som abafado indecifrável que expressa algo que quase ninguém entende, e por que ouviremos? afinal, temos os nossos próprios gritos por sucesso, suprimento, riquezas e poder temporal.

O grito delas não incomoda porque incomodar-se significa mexer no coração e no bolso, esse grito é a razão de existir da igreja, e o embasamento bíblico para ordenarmos os dízimos e as ofertas em nossos templos; e muitos julgam que é necessário abafar o grito.

Temos uma lógica para fazer silenciar o incômodo que esse grito pode nos causar:

Os missionários sem missão!
Aqueles que não se ocupam com o trabalho e pensam o tempo todo em si mesmos, por isso a missão são eles próprios, além disso, temos nosso dia a dia e são muitas as inquietações com emprego e as dificuldades financeiras para o sustento das nossas famílias.

Muitos dos que gritam até são capazes de matar aqueles que os ouvem, pois não se importam com o seu próprio grito e, talvez, nem conseguem ouvi-lo, todavia, mesmo quando dominados pelo silêncio é impossível não ouvir a voz mansa e firme do Senhor a dizer: “ Livra os que estão sendo levados à morte, detém os que vão tropeçando para a matançaProvérbios 24.11.

Deixe seu comentário abaixo e compartilhe esta mensagem, Deus abençoe.

Joel Stevanatto, Pr
Siga-me
Últimos posts por Joel Stevanatto, Pr (exibir todos)

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também
Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X