Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

O Homem e os Porcos!

16 E os que aquilo tinham visto contaram-lhes o que acontecera ao endemoninhado e acerca dos porcos. 17 E começaram a rogar-lhe que saísse do seu território. 18 E, entrando ele no barco, rogava-lhe o que fora endemoninhado que o deixasse estar com ele. 19 Jesus, porém, não lho permitiu, mas disse-lhe: Vai para tua casa, para os teus, e anuncia-lhes quão grandes coisas o Senhor te fez e como teve misericórdia de ti. 20 E ele foi e começou a anunciar em Decápolis quão grandes coisas Jesus lhe fizera; e todos se maravilhavamMarcos 5.16-20

Um homem estava sofrendo sob o jugo da escravidão imposta por demônios que dominavam sua mente, e o incitavam a atentar contra a sua própria vida a ponto de levá-lo a ferir-se com pedras. Gritava e perambulava nos montes e no cemitério. Ele não tinha amigos e estava distante da família, e as inúmeras tentativas de resgatá-lo haviam sido frustradas.

Alguns porcos estavam pastando naquela região e representavam a riqueza de muitas famílias que tinham o sustento e a ostentação de uma vida privilegiada, baseada na suinocultura. Quando Jesus chega naquelas bandas, impõe a necessidade de que aquelas pessoas façam uma escolha entre o homem ou os porcos, e eles escolhem os porcos!

O bem-estar do homem não lhes importava mais do que o seu próprio bem-estar, pois tais pessoas priorizavam o valor material e em função dos mesmos viviam. Jesus liberta o homem e lhe indica a direção da verdadeira frutificação na vida. Enquanto isso, os porcos morrem e aqueles que vivem em função da riqueza que eles representavam, ficam frustrados e raivosos.

Temos na imagem desse homem liberto, a configuração da verdadeira frutificação, a qual dá sentido e significância à existência neste  mundo, aquele homem deseja estar com Jesus, e o SENHOR indica o que significa estar com Ele, ou seja, frutificar em casa e no mundo.

Jesus lhe diz para ir para casa e contar o que lhe aconteceu, e movido por essa missão, ele anuncia aos seus parentes e também por toda aquela região, composta por 10 cidades, o que Jesus fizera.

Enquanto as pessoas frutificam na busca de riquezas materiais que se perdem, existem aqueles que frutificam em valores espirituais em favor da sua família e do mundo. Os tais sabem que a missão começa em casa e termina no mundo.

E você? Valoriza pessoas ou porcos?

Se desejar, deixe seu comentário abaixo e compartilhe esta mensagem, Deus abençoe.

Joel Stevanatto, Pr
Siga-me
Últimos posts por Joel Stevanatto, Pr (exibir todos)

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também
Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X