Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

Certamente eu Irei!

Certamente eu Irei!

Juízes 4

Quanta segurança e convicção nesta frase! Ela realmente é de alguém que sabia o que queria, aonde estava indo e o que estava fazendo e sabia o propósito pela qual foi criada!

O que mais me impressiona é que a mulher que disse esta frase, não estava indo ao shopping comprar sapatos, bolsas, perfumes, etc. Dessa forma certamente até eu iria! Acho que você também. Mas, com esta frase, ela estava afirmando que iria para o meio de uma guerra. Estou falando de Débora, a juíza e profetiza, mulher que a vejo como alguém de temperamento e personalidade muito fortes. A vejo como uma mulher inteligentíssima, líder, dinâmica, estrategista.

Uma mulher muito influente na sua época. Passava ao povo tanta segurança que, Baraque, chefe de frente do exercito de Israel, se recusou ir para o ataque contra o exercito inimigo, sem ela; e olha que, ele era experiente em guerra, mas disse: “Se tu não fores comigo eu não irei”.

Ela, sem experiência, mas com convicção de que Deus havia falado e dito que daria os inimigos nas mãos do povo judeu, pronuncia para Baraque essa linda frase: “certamente eu irei”. Quanta ousadia!

A Bíblia não diz que ela hesitou em responder. Não pediu tempo para pensar, para orar, para perguntar a Lapidote, seu marido se iria ou não. Talvez quem sabe ela era uma dessas mulheres que tem o apoio e a confiança do marido em tudo que faz e ela já falou por que sabia a opinião dele a respeito da situação ou da sua posição.

Só sei que sua atitude é surpreendente. São atitudes como esta que fazem a diferença. Assim como ela disse, fez. Foi com Baraque, Deus deu o livramento como lhe tinha dito e o povo de Israel que estava a 20 anos oprimido pelos inimigos, liderados pelo rei Jabim, agora estavam livres, libertos, gozando a paz, alegria e presença de Deus.

Imagine você o que aconteceu nos lugares celestiais quando Debora pronunciou esta frase. Quem sabe na mesma hora os demônios gritaram: ela não! temos que fazer alguma coisa para evitar que esta mulher vá com Baraque. ela é muito sensível ao Espírito de Deus, ela é inteligente, não tem como enganá-la, ela realmente acredita que Deus vai livrá-los, essa mulher não pode ir, ela estraga os nossos planos.

Talvez seja isso que o inimigo pensa a seu respeito. Talvez ele espere que você não enfrente ele. Que fique passiva a tudo o que ele está fazendo ou recue com medo. Mas assim como Debora tomou posição nesta guerra, você também precisa tomar posição. Não deixe o inimigo te intimidar, desfilando em tua frente suas armas e sua força. Fique com a arma que é mais poderosa do que qualquer outra, que é a Palavra de Deus e esta diz: “ Não temas por que eu sou contigo e não te apavores por que eu sou teu Deus Isaías 41.10

Tenho certeza que Débora enfrentou algumas dificuldades para ir com Baraque, mas aquela situação tornou-se um grande desafio para ela, por isso não desistiu. Deus cumpriu com a palavra que havia dito através dela. O Povo de Israel ganhou a batalha.

Assim como essa historia linda, vamos crer, por que Deus cumpre com as Suas promessa. Vá a luta, diga como Débora: “ certamente eu irei ” e Deus será contigo!

A nossa reação baseada e firmada na palavra de Deus, aborta os planos do inimigo, contra nossa vida!

Lucy Miranda
Últimos posts por Lucy Miranda (exibir todos)

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar
Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X