Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

O Poder para vencer a Dúvida

O Poder para vencer a Dúvida

quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram  Mateus 28.17

Quando entramos no lugar onde é declarado biblicamente que Deus está presente, encontramo-nos diante de uma escolha: duvidar da presença dele ou adorar pela certeza de que Ele está naquele lugar, ainda que de forma invisível.

É por causa dessa verdade que em nossos cultos sempre teremos pessoas que adoram e outras que duvidam. Se a vida de alguém não é marcada pela adoração é porque tal pessoa dúvida da real presença de Deus, seja no templo ou em qualquer lugar.

O apóstolo João escreve que o Pai procura os verdadeiros adoradores e a qualificação para tornar-se essa pessoa é vencer a dúvida por meio da fé, pois tudo que procede da dúvida é pecado. Ainda que a presença de Deus seja muito real para alguém que está entregue a adoração, é possível que outra pessoa de mãos dadas com o adorador não tenha nenhuma expressão de temor e nenhuma atitude de entrega.

O texto base desta semana mostra pessoas que estavam no lugar certo, que viram Jesus e que o obedeciam, mas algumas dessas pessoas o adoraram e outros duvidaram.

Jesus é visível no clima espiritual, pacífico e amoroso que reina no ambiente da igreja; também Ele é visível na comunhão entre os irmãos e mesmo assim existem os que não adoram.

Talvez alguns estavam no lugar indicado por Jesus constrangidos pela ordem para ali estarem e por isso não havia neles o prazer necessário para impulsioná-los à adoração. Lembre-se que sempre que estiver no lugar onde Jesus está, e Ele está em toda parte porque é onipresente, você precisará tomar a decisão entre adorar ou duvidar.

Joel Stevanatto, Pr
Siga-me
Últimos posts por Joel Stevanatto, Pr (exibir todos)
Você pode gostar
Deixe um comentário

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

Política de Privacidade
X