Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

Ladrões na Cruz!

Ladrões na Cruz!

39 E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo e a nós. 40 Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação? 41 E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez. 42 E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu Reino. 43 E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso Lucas 23.39-43

Quando Jesus foi crucificado dois malfeitores foram com ele condenados àquela morte horrenda. Homens que tiveram comportamentos equivalentes enquanto estavam com a liberdade de tomarem suas decisões e que agora colhiam aquilo que semearam. Homens que tinham a mesma dor, o mesmo sofrimento porque tiveram as mesmas decisões, porém um deles pega o outro lado da bifurcação e no momento final da vida, quase na morte, decide tomar uma decisão certa, a qual fará com que os destinos daqueles homens sejam diferentes. Eles representam toda a humanidade e isso equivale dizer que todos estavam naquela cruz. De um lado da cruz de Cristo estava alguém de postura arrogante e do outro um homem que se mostra humilde.

De um lado da cruz está alguém que não reconhece seus erros e do outro um pecador penitente que sabe que o seu juízo é justo. De um lado da cruz está alguém que julga que Jesus deve fazer o que é melhor para ele sem se importar se isso seria certo, mas do outro lado da cruz tem um homem que assimila o que é equidade e sabe que Jesus está ali injustamente, mas ele sim, merece passar pelo que está passando.

De um lado da cruz tem um homem que zomba e desafia Deus e do outro alguém que se curva diante da majestade divina. De um lado da cruz tem alguém que dali algumas horas estará no inferno onde passará toda a eternidade e do outro lado da cruz um homem que viveu um inferno de vida terrena, mas seu destino será selado para uma eternidade com Deus e dali a pouco estará com Jesus no Paraíso.

A cruz de Cristo tem lados opostos: morte ou vida, perdão ou pecado, condenação ou salvação, arrogância ou humildade, carnalidade ou espiritualidade, céu ou inferno.

Escrevi tudo isso com o único objetivo de lhe perguntar ao final do texto: De que lado você está?

Joel Stevanatto, Pr
Siga-me
Últimos posts por Joel Stevanatto, Pr (exibir todos)

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar
Deixe um comentário

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X