Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

Não existe Igreja Virtual!

Não existe Igreja Virtual!

Uma das maiores falácias do inferno que se mostra como um engano de proporções devastadoras e incalculável para a fé e saúde da verdadeira espiritualidade é a crença na possibilidade de viver o Evangelho e, consequentemente, o seu desdobramento numa vida em comunidade de forma virtual por meio da tecnologia, quando não existe igreja virtual porque não é possível viver a vida em comunidade por meio de tecnologia.

Temos mensagens inspiradores que chegam de forma virtual aos nossos ouvidos, mentes e corações. Temos louvor e orações com as quais concordamos, mesmo que efetuadas pelas redes sociais. Podemos cultuar de forma virtual quando impedidos de estar presencialmente; todavia, viver a igreja em sua missão e essência de forma virtual é utopia, e utopia enganosa.

Quem pratica os atos litúrgicos de forma virtual não deve se enganar pensando que está vivendo a vida em comunidade e praticando a missão da igreja na terra, pois os valores da igreja são sensitivos e não racionais, ou seja, vivemos a comunhão do Corpo de Cristo e não apenas aprendemos intelectualmente o que é essa comunhão. Trata-se de experiência vivenciada e sentida, e não mero conjunto de práticas litúrgicas e informações teológicas.

Eis alguns motivos porque não existe igreja virtual:

  • A igreja tem cheiro! Não existe igreja virtual porque o Evangelho tem aroma e ninguém sente cheiro pela internet. “ Porque para Deus somos o bom perfume de Cristo, nos que se salvam e nos que se perdem 2 Coríntios 2.15. O Evangelho produz, metaforicamente, em cada crente um aroma, um cheiro agradável, um perfume que expressa a fragrância de Cristo. A igreja reunida exala esse aroma agradável que faz bem para crentes e não crentes, e isso nunca poderá ser feito virtualmente!
  • A igreja tem afeição! Não existe igreja virtual porque o Evangelho produz entranháveis afetos e misericórdias entre os irmãos e isso é experimentado, é sentido, depende de proximidade para sentir e expressar esse sentimento. “ Portanto, se há algum conforto em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão no Espírito, se alguns entranháveis afetos e compaixões Filipenses 2.1. Podemos amar uma pessoa estando longe dela, mas a expressão desse amor é manifestada pela presença física, pela proximidade e toque. Foi para expressar o seu amor que o verbo se fez carne e entre nós habitou. Deus se aproximou, tocou e veio viver em nosso meio para expressar sua afeição, amor.
  • A igreja discípula! Não existe igreja virtual porque o discipulado é transferência de vida e não de informação. Pela internet podemos treinar e dar cursos sobre discipulado, mas não discipular pessoas. De forma virtual podemos ensinar conceitos, valores e passar conhecimento, mas não podemos transmitir vida. “ Jesus chamou homens para estarem junto dele e assim fazer deles seus discípulos. E nomeou doze para que estivessem com ele e os mandasse a pregar Marcos 3.14.
  • A Igreja tem missão! O mesmo texto citado no paragrafo anterior indica que não existe igreja virtual porque não se cumpre a missão sem ter estado com Jesus, e isso não se faz virtualmente. É junto com Jesus e com os irmãos que expressamos a comunhão e unidade da vida em comunidade que impressiona o não crente e o conduz a salvação. O Estilo de vida em comunidade da igreja primitiva abrangia a proximidade e inter-relacionamento entre os crentes, e isso era a principal atrativo para os não crentes: “ E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração. Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar Atos 2.46-47.

Poderia continuar argumentando em favor da Igreja Real, aquele que é corpo presente, que usa perfume, que sente, que toca e que fala olhando nos olhos mas não é necessário, pois quem experimenta e vive a vida em comunidade não precisa de argumentos para saber que a igreja não é virtual, e quem está acomodado em seus raciocínios tolos não vai se deixar convencer que existe necessidade de que: “ E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum Atos 2.44.

Joel Stevanatto, Pastor em favor da Vida em Comunidade

Joel Stevanatto, Pr
Siga-me
Últimos posts por Joel Stevanatto, Pr (exibir todos)

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar
Deixe um comentário

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X