Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

O Reino de Deus

O que é um reino?
Basicamente, trata-se de um território governado por um rei, nesse território existe um povo, o governo de um rei é o cumprimento da sua vontade, e esta é expressa através das leis e dos decretos reais.

No período em que a Bíblia foi escrita, as nações eram governadas por reis, a monarquia era o regime dominante, o próprio povo de Israel, no período dos juízes, foi até Samuel pedir que ele estabelecesse um rei sobre a nação, devido a esse contexto histórico e político, encontramos tantas vezes na Bíblia a expressão Reino de Deus”, era algo muito significativo para aquela época.

Hoje, poucos países adotam a monarquia, mas, o Reino de Deus ainda é uma terminologia exata para definir o que pretende.

O que é o reino de Deus?
De acordo com a definição acima, deduzimos que, no reino de Deus, Deus é o rei, o território do seu domínio é todo o universo, os seus súditos são: no céu, os anjos; na terra, os cristãos.

A essência desse reino é a prática da vontade de Deus, que está expressa na constituição do reino, a Bíblia, mas vale lembrar que no universo, encontram-se também os opositores do rei, que são os anjos caídos e os homens ímpios, pessoas que não se submetem a Deus.

A propósito da Bíblia é o estabelecimento do reino de Deus entre os homens, Jesus iniciou seu ministério anunciando o Reino de Deus, e, em sua oração, ele disse ao Pai: Venha o teu reino, e seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu ”.

Quem quiser fazer parte do Reino de Deus, deve nascer de novo, como está escrito em João 3.3,5 , e isto acontece quando se aceita a Jesus Cristo como Salvador, quem já entrou nesse reino está comprometido com a realização da vontade do rei, que é Deus, portanto, não tem cabimento um cristão viver em função da realização de sua própria vontade, ou em prol da realização de seus próprios sonhos, nosso primeiro sonho deve ser a realização da vontade de Deus.

Podemos ter outras aspirações e desejos, mas tudo fica em segundo plano, Buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas Mateus 6.33.

O que é isso na prática?
Diante de uma situação em que precisarmos tomar uma decisão, devemos escolher a opção que consideramos a mais coerente com o que conhecemos da Bíblia, ainda que a outra alternativa seja interessante, agradável e atraente, se agirmos assim, estaremos buscando o Reino de Deus, se agirmos de outro modo, estaremos buscando o nosso próprio reino, ou seja, fazendo a nossa própria vontade, por outro lado, se você não conhecer a Bíblia, não conhecerá a vontade do rei, assim, poderá estar agindo contra o reino, mesmo sem saber, e esta ignorância não o isentará da punição.

Portanto, o Reino de Deus está relacionado com a prática de sua vontade, isto começa com pequenas atitudes e pensamentos.

Faça um exercício de busca do Reino de Deus, comece renunciando pequenas coisas que porventura estejam erradas em sua vida, isto será como pequenas sementes que você vai lançar.

Jesus disse que O reino dos céus é semelhante ao grão de mostarda que um homem semeou em seu campo, o qual é a mais pequena de todas as sementes, mas, crescendo, é a maior das plantas, e faz-se uma árvore, de modo que vêm as aves dos céu e se aninham nos seus ramos Mateus 13.31-32.

Com dedicação, cuidado e perseverança, o Reino de Deus crescerá e será glorioso em sua vida, assim como haverá de ser em toda a terra.

Sinta-se a vontade para deixar seu comentário sobre o texto de hoje, tenha um excelente dia e seja sempre abençoado(a), compartilhe a Palavra de Deus com um amigo ou amiga.

Alexandre Alves, Servo
Siga-me

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também
Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X