Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

Como conhecer a Deus

Em nossa vida estamos constantemente em contato com muitos seres, coisas e elementos, ao lidar com algo/alguém, é melhor que saibamos, com antecedência, quais são suas principais características, sem esse conhecimento, o contato pode ser muito perigoso.

Um ótimo exemplo é a energia elétrica, pois para fazermos uso dela sem riscos e com bom proveito, precisamos estar conscientes de sua natureza, ou seja, suas características, caso contrário, podemos morrer eletrocutados.

Assim precisamos da mesma forma conhecer a natureza de Deus, e essa informação é obtida, principalmente, através da leitura da Bíblia e, esse é um dos propósitos pelos quais possuímos a Bíblia: conhecer a natureza de Deus.

Quem não busca conhecimento através da Bíblia corre dois riscos:

  1. Adorar pessoas, espíritos ou objetos, pensando que está adorando a uma verdadeira divindade e
  2. Possuir uma ideia errada a respeito de Deus.

Há quem diga: Deus não vai mandar ninguém para o inferno. Ele é Pai de todos e vai salvar a todos, esta é uma frase típica de quem não conhece nada ou quase nada a respeito da natureza de Deus.

O pior efeito da ignorância é um modo de vida incompatível com a realidade. Quem vive confiando em uma ideia errada a respeito de Deus corre o risco de ter uma espantosa decepção no dia do Juízo Final. Resumidamente, podemos dizer que a natureza de Deus engloba as seguintes características principais:

  • Amor
    Deus ama a humanidade;
  • Justiça
    Deus não ama o pecado, apesar de amar o homem, Deus vai impor sua punição pelo pecado, essa punição caiu sobre Cristo na cruz e por causa desse sacrifício, aqueles que se arrependerem de seus pecados ficarão livres do castigo;
  • Santidade
    Deus é santo, separado de todo mal;
  • Espiritualidade
    Deus é Espírito, isto significa que Ele não é formado pela matéria, não é uma imagem de escultura, nem um objeto;
  • Personalidade
    Deus é um ser pessoal, ou seja, Ele tem vontade própria, inteligência e sentimentos. A personalidade de Deus pressupõe também sua individualidade, isto é, Ele é um ser distinto dos demais, um indivíduo, por assim dizer. Deus não é uma ideia, não é uma força, nem uma energia. Deus não está contido na sua criação e não pode ser confundido com ela;
  • Eternidade
    Deus não teve principio nem terá fim.

Se formos explorar mais o assunto, veremos que a natureza de Deus é um tema ilimitado o vai além da capacidade humana de compreender. Devemos sempre estudar a Bíblia afim de conhecermos mais sobre a natureza do Senhor e, desta forma, podermos viver de modo mais agradável a Ele.

Sinta-se a vontade para deixar seu comentário sobre o texto de hoje, tenha um excelente dia e seja sempre abençoado(a), compartilhe a Palavra de Deus com um amigo ou amiga.

Alexandre Alves, Servo
Siga-me

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também
Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X