Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

Paradoxos da Fé Moderna

A revista Veja, certa vez, encomendou ao Instituto Vox Populi uma pesquisa em todas as regiões brasileiras sobre a fé em Deus. O resultado foi publicado em uma de suas edições e trouxe informações surpreendentes, entre os dados mais interessantes, destacamos:

99% dos entrevistados afirmaram crer em Deus;
9% dos entrevistados disseram não ter religião e
57% dos entrevistados não frequentam assiduamente nenhuma igreja ou culto religioso.

Esse é o retrato de uma sociedade que divorciou a fé da prática religiosa

É bom sabermos que quase todos os brasileiros creem em Deus, mas, para muitos, essa fé não tem tido utilidade. Vamos lembrar do que escreveu Tiago: Tu crês que há um só Deus? Fazes bem. Também os demônios creem e estremecem… A fé sem obras é morta Tiago 2.19-20.

A fé não é em si mesma um produto acabado, é preciso saber o que se fará com ela, há que se tomar uma posição positiva ou negativa em relação àquele em quem se crê.

Você crê em Deus? Isto é excelente, pois é o primeiro passo, entretanto, após a fé deve vir a experiência, que é o resultado da fé, se você ainda não teve nenhuma experiência com Deus, busque-a de todo o coração, se você já teve, clame por novas experiências, não viva apenas da história, essa experiência pode ser a conversão, o batismo com o Espírito Santo, dons espirituais, curas, respostas de oração, etc.

O que não pode acontecer é professarmos uma fé morta, uma fé apenas teórica, obscura e que, por falta de evidências, tenha uma existência profundamente questionável.

Se você crê na Bíblia, deve lê-la e estudá-la, se você crê no valor do jejum, deve jejuar, não permita que sua fé seja inútil, assim, ela seria como um cheque preenchido com grande valor, mas que nunca foi descontado.

Depois da experiência vem o compromisso, Deus não quer que as pessoas sejam curadas , abençoadas e depois desapareçam da igreja, a fé terá atingido seu objetivo se houver compromisso com Deus, ser membro da igreja e frequentar os cultos é importante, mas não é tudo, o compromisso com Deus vai além, está relacionado ao nosso modo de vida.

O cristão verdadeiro não se limita à prática de ritos religiosos, mas busca agradar a Deus em tudo, procurando saber a vontade divina para todas as decisões de sua vida e desse modo, nossa fé será produtiva e nossa vida se tornará um culto constante ao Senhor.

Sinta-se a vontade para deixar seu comentário sobre o texto de hoje, tenha um excelente dia e seja sempre abençoado(a), compartilhe a Palavra de Deus com um amigo ou amiga.

Alexandre Alves, Servo
Siga-me
Últimos posts por Alexandre Alves, Servo (exibir todos)

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também
Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X