Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

Disposição Perfeita

 E por que vês o argueiro no olho do teu irmão, e não reparas na trave que está no teu olho?  Mateus 7.3

Assuntos básicos da doutrina cristã por vezes são negligenciados ou mal interpretados. No texto acima, podemos nomear o princípio abordado de doutrina da disposição perfeita daqueles que querem viver com integridade. Dominamos tantos assuntos e esquecemos dos pequenos que são básicos para o bom desempenho do cristianismo na sua forma mais simples e ampla. Já dizia Davi, não me ocupo de assuntos grandes e maravilhosos demais para mim Salmos 131.1. Jesus ensina que podemos ajudar o semelhante com conselhos, críticas, sem esquecermos de que devemos estar dispostos a aprender, avaliar e ensinar.

Aprendemos quando reconhecemos os próprios erros. Somente os removeremos se os confessarmos a quem tem poder para nos ouvir com amor, com justiça. Jesus ouve, avalia a intenção do coração e perdoa rasgando a cédula condenatória. I João 1.9. A própria confissão dos pecados já demonstra o reconhecimento do estado humano diante de Cristo.

Avaliamos com a percepção da condição pessoal em relação ao próximo. Cuidado para não cair pensando estar em pé! I Coríntios 10.12. O parecer condenatório em relação aos delitos alheios, precisa apontar para nós mesmos sem restrição.

Lembre-se, estamos num constante aprendizado, seja qual for a situação! Apenas nos apoderaremos desse conhecimento, se formos capazes de fazer uma boa avaliação de cada situação, para podermos ensinar alguém.

Estaremos aptos a ensinar quando praticarmos o que é correto, sem desperdiçarmos a oportunidade que cada caso oferece para melhorarmos ou para desenvolvermos um bom serviço ao próximo. Medite mais sobre Romanos 2.1.

Saber amar antes de julgar é uma virtude

Interaja, deixe um comentário sobre o texto, Deus abençoe.

Profile photo ofPr Vanderlei do Couto
Últimos posts por Vanderlei do Couto, Pr (exibir todos)

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também
Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X