Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

Identidade Espiritual

Surge a grande questão; o que é ser filho de Deus?

Os filhos de Deus não nasceram do sangue, nem da vontade do varão, mas de Deus, eles não são nascidos de descendência natural, mas segundo a vontade de Deus. Descendentes naturais não têm poder para se aproximarem de Deus como filhos, por isso, Deus enviou seu Filho unigênito.

Segundo a Palavra, Jesus veio para o que era seu, e os seus não o receberam, mas, a todos quantos o receberam, aos que creem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus. João 1.11-12

Cristo veio libertar o homem do poder da morte incrustrada na humanidade por causa do pecado, dando àqueles que o recebem o poder de se tornarem eternos, ou seja, filhos de Deus. No entanto, a salvação é individual, pessoal e todo o esforço deve estar focado no exemplo de Jesus Cristo. O desejo carnal não transforma o homem, o espiritual sim.

Nicodemos, um fariseu contemporâneo de Jesus, teve o desejo de entender humanamente os desígnios de Deus para a salvação do homem, e quando Jesus lhe disse que se alguém não nascer de novo, não poderia ver o reino de Deus, ele lhe perguntou: Como pode um homem nascer, sendo velho? e disse Jesus: O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito João 3.1-10

Pelo esforço humano não dá para nascer de novo. Quem convence é o Espírito Santo. João 16.8

Aquele que procurar entender a verdade da filiação pelo intelecto ficará sem identidade espiritual.

Interaja, deixe um comentário sobre o texto, Deus abençoe.

Profile photo ofPr Vanderlei do Couto
Últimos posts por Vanderlei do Couto, Pr (exibir todos)

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também
Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X