Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

Não sou Profeta

E respondeu Amós, e disse a Amazias: Eu não sou profeta, nem filho de profeta, mas boieiro, e cultivador de sicômoros Amós 7.14

Quando a conjunção mas é usada em uma sentença, fica estampado que há alguma dificuldade de concordância com o assunto expresso. Amós teve uma missão difícil.  Aquele pastor de ovelhas de Judá foi enviado por Deus para a nação de Israel, durante o reinado próspero de Jeroboão II, para alertar o povo que Deus estava prestes a destruí-los.  Amós não foi criado para ser um profeta, ele não recebeu treinamento especial em alguma escola para formar profetas, era apenas um homem comum, que proclamou uma mensagem de Deus.

Certo sacerdote chamado Amazias disse a ele que voltasse para seu próprio país e que nunca mais profetizasse em Israel. Amós falou: Mas o Senhor me tirou , para contrariar os desestimuladores religiosos. Amós 7.14-17. O que Amós demonstrou a seus contemporâneos foi uma submissão obediente à palavra de Deus.

Para obtermos o resultado do conhecimento progressivo da verdade, é preciso conhecer e sermos submissos a ela, os benefícios são tremendos, assim serão assegurados nossos direitos de filhos na casa de Deus. João 8:35,36. Deus não se impressiona com o quanto teologizamos, Ele requer obediência incondicional à sua Palavra. João 8.31-32.

O homem não precisa da permissão de alguma autoridade eclesiástica para pregar o evangelho, ele precisa é da dedicação forte à palavra de Deus.

 A Palavra é a verdade que liberta.

Interaja, deixe um comentário sobre o texto, Deus abençoe.

Profile photo ofPr Vanderlei do Couto
Últimos posts por Vanderlei do Couto, Pr (exibir todos)

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também
Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X