Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

A Verdadeira Igreja Faz do Nada, Grandes Coisas!

41 Então, disse Elias a Acabe: Sobe, come e bebe, porque ruído há de uma abundante chuva. 42 E Acabe subiu a comer e a beber; mas Elias subiu ao cume do Carmelo, e se inclinou por terra, e meteu o seu rosto entre os seus joelhos. 43 E disse ao seu moço: Sobe agora e olha para a banda do mar. E subiu, e olhou, e disse: Não há nada. Então, disse ele: Torna lá sete vezes. 44 E sucedeu que, à sétima vez, disse: Eis aqui uma pequena nuvem, como a mão de um homem, subindo do mar. Então, disse ele: Sobe e dize a Acabe: Aparelha o teu carro e desce, para que a chuva te não apanhe. 45 E sucedeu que, entretanto, os céus se enegreceram com nuvens e vento, e veio uma grande chuva; e Acabe subiu ao carro e foi para Jezreel. 46 E a mão do Senhor estava sobre Elias, o qual cingiu os lombos, e veio correndo perante Acabe, até à entrada de JezreelI Reis 18.41-46

É muito conhecida a passagem bíblica que narra como Elias orou e choveu depois de três anos e meio de seca em toda terra de Israel, são muitas as qualidades na devoção espiritual do profeta, mas quero destacar sua capacidade de enxergar num pequeno indício de resposta à sua oração a resposta completa, e assim tomar providências em relação ao que ele tinha certeza que iria acontecer.

Diante da notícia de uma pequena nuvem do tamanho da mão de um homem, ele viu uma chuva abundante que estava para ocorrer, e ordenou que o rei Acabe subisse no seu carro e fosse para Jezreel, antes que a chuva o pegasse no caminho.

Para fazer do quase nada, grandes coisas, é preciso ouvir o que ninguém está ouvindo, ver o que ninguém está vendo e falar mediante o que vê e ouve, ainda que isso pareça loucura aos que não têm a mesma percepção e fé, aprendemos também que é preciso agir tomando providências coerentes com o que se vê, ouve e fala.

Outra virtude observada no comportamento do profeta foi a capacidade de não desanimar diante das negativas circunstanciais, pois por seis vezes o seu ajudante disse que não tinha nada no céu.

Quando temos esse comportamento perseverante, indicamos que as más notícias não possuem o controle sobre as nossas ações, por fim, enquanto nada acontecia, Elias mantinha-se numa postura de temor, adoração e oração, ele orava e prostrava-se enquanto o moço averiguava se algo havia acontecido.

A grande informação bíblica é que o profeta era homem sujeito às mesmas fraquezas que temos, e isso mostra que podemos ver, ouvir, falar, tomar providências, manter-se em temor, oração e adoração, enquanto as coisas que precisamos, ainda não aconteceram.

Faça isso e verá como é possível fazer das coisas pequenas, grandes coisas.

Fique a vontade para interagir, deixe seu comentário abaixo sobre o texto, Deus abençoe.

Joel Stevanatto, Pr
Siga-me
Últimos posts por Joel Stevanatto, Pr (exibir todos)

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também
Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X