Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

Alegre-se com os Espantalhos

São como a palmeira, obra torneada, mas não podem falar; necessitam de quem os leve, porquanto não podem andar; não tenhais receio deles, pois não podem fazer mal, nem tampouco têm poder de fazer bemJeremias 10.5

Não fique preocupado com as suposições em relação ao mal que poderá acontecer, pois também existe a possibilidade de não acontecer nada tão ruim assim.

Quando no horizonte aparece um perigo temos a tendência de projetar o resultado daquilo que, real ou imaginário, está diante de nós; e, quando isso ocorre, surgem o medo e a preocupação.  Medo e preocupação são bem parecidos com um espantalho.

Que mal pode fazer um espantalho?
Todos sabem que a resposta é “nada”, menos os pássaros, você é bem mais esperto do que um pássaro, foi por isso que o profeta Jeremias disse que algumas das maiores ameaças do inimigo são como um espantalho numa plantação de pepinos (…) não tenham medo deles, pois não podem fazer nem mal nem bem.

Quando um corvo vê um espantalho julga uma situação de perigo e foge apavorado, mas quando uma pessoa madura percebe a existência daquele boneco com cara de terror sabe que naquela região da plantação estão os melhores milhos.

Os espantalhos são colocados onde está o melhor da plantação!

Os problemas e conflitos indicam que estamos indo na direção certa, pois as grandes conquistas são precedidas por grandes obstáculos. Quando estamos avançando na direção de realizações significativas, as dificuldades podem ser vistas como provações, impostas por Deus para que seja revelada a nossa aptidão para possuir tremenda vitória ou, ainda, podem ser vistas como tribulações impostas, com o consentimento de Deus, pelo inimigo para tentar impedir que conquistemos.

Diante dos espantalhos os corvos fogem, mas as pessoas inteligentes conseguem enxergar que no meio de tudo aquilo existe algo bom. Olhe para Deus e veja o que se pode aproveitar de bom diante das provas e tribulações, e assim você não será como os corvos que fogem assustados!

Interaja, deixe seu comentário abaixo sobre o texto, Deus abençoe.

Joel Stevanatto, Pr
Siga-me
Últimos posts por Joel Stevanatto, Pr (exibir todos)

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar também
Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X