Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

O Poder dos Ossos que estão juntos – Parte 2

Texto: Ezequiel 37

Os ossos se juntam com os ossos e isso permite que um corpo fique em pé, em movimento e seja produtivo.

A ciência nos subsidia das seguintes informações: os ossos absorvem cálcio para o corpo todo, armazenando 99% do mineral presente. Dentro de alguns ossos há uma substância chamada tutano que produz as células vermelhas, as células brancas e as plaquetas. Existem 206 ossos no esqueleto humano que mantêm a formação do corpo e protegem os órgãos internos.

Por exemplo, os ossos na cabeça protegem o cérebro; já os ossos na caixa torácica envolvem e protegem os pulmões. O lugar onde dois ou mais ossos se unem é chamado de junta, que normalmente permite o movimento dos ossos envolvidos.

No entanto, o movimento é coordenado pelos ligamentos. grupos de tecidos fibrosos, que se conectam aos ossos, e pela cartilagem, tecido elástico, que reveste as extremidades dos ossos. Os ligamentos unem um osso ao outro, a cartilagem amortece e protege os ossos com a ajuda de diversos fluidos e bursas, pequenas bolsas com fluído lubrificante que circulam as juntas.

Outro grupo de tecidos conectivos, chamados tendões, liga os ossos aos músculos. Os músculos também são tipos específicos de tecidos que possuem a capacidade de se contrair, e é essa contração que aciona os tendões e permite o movimento.

Tais informações tornam-se relevantes na medida em que a inspiração bíblica nos leva a entender a igreja como sendo o Corpo de Cristo, o qual funciona por meio de suas juntas e produz seu movimento em relação a si mesma e ao mundo. Se você é um membro do Corpo de Cristo então está ligado a outros membros, e sua vida funciona em razão da missão que a igreja possui.

Há pessoas que se enganam quando se julgam cristãs, mas vivem isoladas e sem alimentar bons relacionamentos com os outros membros do corpo. Pessoas que sofrem de artrite ou artrose, dentre outros males que assolam a junção dos ossos, sabem a dor que possuem para efetivar algum movimento.

Assim é o Corpo de Cristo, Ele sofre quando seus membros não estão ligados uns aos outros.

Caso deseje, deixe seu comentário abaixo sobre o texto, Deus abençoe.

Joel Stevanatto, Pr
Siga-me
Últimos posts por Joel Stevanatto, Pr (exibir todos)

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar
Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X