Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor

Encontro Marcado, Encontrando-se com Deus

21 E porás o propiciatório em cima da arca, depois que houveres posto na arca o Testemunho, que eu te darei. 22 E ali virei a ti e falarei contigo de cima do propiciatório, do meio dos dois querubins (que estão sobre a arca do Testemunho), tudo o que eu te ordenar para os filhos de Israel  Êxodo 25.21-22

O Senhor dá a Moisés várias recomendações sobre os procedimentos da vida civil, religiosa e relacional do seu povo. Também marca um lugar de encontro com o seu servo para periodicamente conversarem e fazerem checagem dos procedimentos ordenados.

Num clima de santidade representada pela presença dos querubins e de perdão de pecados (significado pelo propiciatório), acontecia a reunião periódica de Deus com Moisés. Quantas lições temos nessa recomendação!

A primeira delas indica a necessidade de nos encontrarmos com Deus. Embora Deus esteja em nós, pela presença do Espírito Santo, em todos os momentos de nossa vida, se faz necessário promovermos ocasiões especiais de encontro com Deus por meio de tempo a sós com Ele. Nesses momentos o Espírito Santo tem a oportunidade de nos fazer lembrar de tudo que Jesus nos ordenou a fazer. É o tempo marcado para conferir como está sendo tratado o nosso compromisso com a missão, com o testemunho pessoal e com a formação do nosso caráter que deve ser modelado à imagem de Cristo.

Também aprendemos que é necessária uma postura de santidade praticada por alguém justificado. O clima que permeia nosso encontro periódico com Deus deve ser marcado por uma consciência limpa de culpas e por comportamentos éticos ilibados. É preciso estar bem com Deus e com as pessoas!

Também aprendemos que pela figura da arca, que ficava debaixo do propiciatório, temos a representação da vara de Arão, do maná descido dos céus e das tábuas da lei dadas no Monte Sinai. Vara, maná e tábuas da lei representam a autoridade, a provisão e a direção divina sobre nossas vidas. Com isso entendemos que, para que esse encontro seja produtivo, é necessário manter-se em submissão e obediência à sua vontade diretiva; então podemos contar com sua provisão.

As pessoas que não estão justificadas e não vivem em santidade, não obedecem a Palavra de Deus e nem confiam em seu cuidado, não possuem encontros significativos com Deus no templo e nem em suas casas.

Joel Stevanatto, Pr
Siga-me
Últimos posts por Joel Stevanatto, Pr (exibir todos)

Obtenha atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Você pode gostar
Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

O Portal da Convenção usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Se estiver de acordo com isso, basta aceitar. ACEITO

X